HOME
BRASILUSACANADAARGENTINAURUGUAYPARAGUAYVENEZUELA
Quinta-feira, 31 de Julho de 2014
Brasilia: 08:27    Roma: 13:27
> DIRETÓRIOS DE SITES
> NOTÍCIAS
> PROMOÇÕES
> CADASTRE-SE
> COMUNIDADE
HISTÓRIA DA IMIGRAÇÃO
ASSOCIAÇÕES ITALIANAS
INSTITUIÇÕES
FAMÍLIAS
GENEALOGIA
CIDADANIA
MURAL DE MENSAGENS
PESQUISA DE SOBRENOME
> ITÁLIA
REGIÕES ITALIANAS
CALCIO ITALIANO
FÓRMULA 1
SPORT
CINEMA ITALIANO
ARTES & ARTESANATO
MÚSICA
GASTRONOMIA
PIZZA
VINHOS
LÍNGUA ITALIANA
EMILIA-ROMAGNA TURISMO
VIAGGIO
VILLA & CHARME
BIBLIOTECA
SHOPPING ITÁLIA
> SERVIÇOS
OUTRA ECONOMIA
CURSOS ON LINE
DAVINCI
ITENETS
TRADUÇÕES
DICIONÁRIO
TEMPO
MAPA DO SITE
> NEGÓCIOS
CATÁLOGO DE EMPRESAS
BANCO DE CURRÍCULOS
OFERTAS DE EMPREGOS
OPORTUNIDADES
CÂMARAS ITALIANAS
FEIRAS
> ADMINISTRAÇÃO
- 13
Página Inicial de Cinema
24/04/2009 - OS ATORES ITALIANOS II- VITTORIO GASSMAN & GIULIANO GEMMA
Nesta postagem, vamos falar de mais dois importantes personagens do universo artístico italiano: Vittorio Gassman e Giuliano Gemma. Como nunca é de mais lembrar, listas são pessoais e até transferíveis. Pois, todos queremos, impositivamente, fazer prevalecer as nossas escolhas. Isto posto, vamos em frente. Mas, se você não concordar, calma lá! A relação não é pequena... Porém, isto não o impedirá de dar, novamente, seu palpite.


Vittorio Gassman
Conhecido como Il Mattatore, Vittorio Gassman foi um ator e diretor de teatro e de cinema italiano mundialmente popular. Esse genovês pertencia a uma família de origem alemã, sendo considerado um dos maiores atores italianos. Gassmann ainda é lembrado pelo seu extremo profissionalismo, versatilidade e magnetismo. Sua longeva carreira abrange tanto produções importantes como dezenas de filmes menos famosos. Segundo os críticos, este último detalhe lhe valeu uma grande popularidade.

Gassman, ainda jovem, mudou-se para Roma, onde estudou na Academia Nacional de Arte Dramática, seguindo o exemplos de outras grandes figuras do cinema e teatro italianos, como Paolo Stoppa, Rina Morelli, Adolfo Celi, Luigi Squarzina, Elio Pandolfi, Rossella Falk, Lea Padovani e, depois, Paolo Panelli, Nino Manfredi, Tino Buzzarelli, Gianrico Tedeschi, Monica Vitti, Luca Ronconi e outros.

Entrou em cena pela primeira vez em Milão, no ano de 1942. De volta a Roma, no Teatro Eliseo, juntou-se a Tino Carraro e Ernesto Calindri em um trio que se tornou célebre e com o qual recitou em diversas óperas, de comédias burguesas a um sofisticado teatro intelectual, sem aparentar dificuldades em passar de um estilo a outro. Quatro anos depois, estreia no cinema, em Preludio d'amore. Em 1948, sua marcante performance, segundo muitos, em Riso Amaro confirmou suas qualidades também na sétima arte.

Com a companhia teatral de Luchino Visconti, Gassman amadurece e faz sucesso, interpretando, dentre outros, um vigoroso Kowalski em Um bonde que se chama desejo, de Tennesse Williams. Em 1952, juntamente com Luigi Squarzina, fundou e dirigiu o Teatro d'Arte Italiano, produzindo a primeira versão completa de Hamlet na Itália, bem como obras raras de Sêneca, Ésquilo e outros. Já em 1956, Gassman viveu um memorável Otelo com o ator Salvo Randone, com quem se revezava nos papéis do Mouro e de Iago. Pouco depois, em um programa de televisão chamado Il Mattatore, obtém um inesperado sucesso, e daí que Il Mattatore torna-se o apelido que viria a lhe acompanhar pelo resto da vida.

De acordo com observações de estudiosos, ele era perfeccionista, literalmente odiava a dicção imperfeita e as inflexões dialetais (apesar de ser capaz de simular à perfeição, quando necessário, a maior parte dos dialetos italianos). Gassman também fundou uma escola de teatro em Florença, responssável pela formação de alguns dos mais talentosos atores das gerações que seguiram.

Fez muitos filmes no exterior. Durante uma de suas idas a Hollywood, conheceu e casou-se com Shelley Winters. Apesar de seus sucessos cinematográficos, Gassman jamais abandonou o teatro. O ator casou-se sempre com atrizes: Nora Ricci (com a qual teve sua primeira filha, Paola, também atriz), Juliette Maynel (mãe de seu outro filho, Alessandro, também ele ator) e Diletta D'Andrea, de de Shelley.

Aclamado como ator, era eventualmente criticado por conta de sua conturbada vida pessoal, com seus divórcios e o seu ateísmo (substituído posteriormente por uma por uma heterodoxa fé). Além disso, nas suas declarações e entrevistas, costumava emitir comentários originais e pouco convencionais, visando polemizar com algumas posições culturais moderadas. Com esta sua franqueza e seus juízos, acabou colecionando alguns inimigos no mundo das artes.

Gassman atuou em mais de 100 filmes. Porém, nem todos foram lançados no Brasil. A seguir, uma lista de alguns títulos: Il mattatore (1960), L'armata Brancaleone (1966), Brancaleone alle crociate (1970), La Tosca (1973), Signore e signori, buonanotte (1976), A Wedding (1978), Quintet (1979), La tempesta e Di padre in figlio (1982), Rossini! Rossini! (1991), Tutti gli anni una volta l'anno (1994), Sleepers (1996), Un homme digne de confiance (1997), La cena (1998) , Luchino Visconti (1999) e La bomba (1999). Como diretor, podemos destacar: Di padre in figlio (1982), Senza famiglia, nullatenenti cercano affetto (1972), L'Alibi (1969) e
Kean (1956).

Nos últimos anos de vida, passou a sofrer de depressão. Morreu de ataque cardíaco em sua casa, em Roma, aos 78 anos, em 29 de junho de 2000.

Giuliano Gemma
Nascido em Roma, em 2 de setembro de 1938, Giuliano notabilizou-se como ator, mas também atuou como apresentador de TV, além de se dedicar às artes (escultura), sendo ainda um ex-atleta. Logo no início, trabalhou como dublê, porém o diretor Duccio Tessari deu-lhe um papel no filme Arrivano i titani (1962). Trabalhou também em Gattopardo ("O Leopardo"), de Luchino Visconti, como o general Garibaldi.

Em seguida, Gemma ganhou fama atuando em western spaghetti e alcançando grande sucesso como herói de filmes como Una pistola per Ringo, Un dollaro bucato I giorni dell'ira. Quando atuava nos filmes ainda quando praticava esportes. Por isso, chamava a atenção pela sua elasticidade nas cenas. Para atuar em filmes dos EUA, teve que adotar o codinome Montgomery Wood, bem hollywoodiano.

Giuliano Gemma continua a atuar na televisão italiana, e desenvolve igualmente trabalhos como escultor. Sua filha, Vera Gemma, também tornou-se atriz.

A seguir, alguns filmes em que ele apareceu: Venezia, la luna e tu (1958), Arrangiatevi! (1959), Il nemico di mia moglie (1959), Ben-Hur (1959), A qualcuno piace calvo (1960), Messalina venere imperatrice (1960), I cosacchi (1960), Il pianeta degli uomini spenti (1961), Arrivano i titani (1962), Il Gattopardo (1962), Il giorno più corto (1963), Maciste l'eroe più grande del mondo (1963), La schiava di Bagdad (1963), I due gladiatori (1963), Ercole contro i figli del sole (1964), Angelica (1964), La rivolta dei pretoriani (1964), Una pistola per Ringo (1965), Erik il vikingo (1965), La meravigliosa Angelica (1965), Adiós gringo (1965), Angelica alla corte del re (1965), Un dollaro bucato (1965), Il ritorno di Ringo (1965), Arizona Colt (1966), Kiss kiss....bang bang (1967), I lunghi giorni della vendetta (1967), Wanted (1967), I giorni dell'ira (1967), Violenza al sole (1968), I bastardi (1968), Sons of Satan (1968), Vivi o preferibilmente morti (1969), Il prezzo del potere (1969), Quando le Donne Avevono la Coda (1971), L'arciere di Sherwood (1971), Amico, stammi lontano almeno un palmo (1972), L'amante dell'Orsa Maggiore (1972), Il bianco, il giallo, il nero (1974), Anche gli angeli tirano di destro (1974), Il prefetto di ferro (1977), Corleone (1978), Il grande attacco (1978) etc.

Gente, esta é a segunda atualização da série. Todos podem se manifestar desde agora. Se gostou, comente, sugira outros nomes ou mesmo critique a nossa escolha.

Porém, não esqueça! Há ainda muito mais a caminho.

Comentar esta mensagem
Ver comentários (34)
30/07/2010 - CAOS CALMO
06/05/2010 - LA RAGAZZA CON LA VALIGIA
10/03/2010 - SATYRICON
14/01/2010 - ANCHE LIBERO VA BENE (Estamos Bem Mesmo ...
20/11/2009 - OS ATORES ITALIANOS VII - MARCELLO MASTR...
06/10/2009 - OS ATORES ITALIANOS VI - NANNI MORETTI
07/08/2009 - OS ATORES ITALIANOS V - GIAN MARIA VOLON...
05/06/2009 - OS ATORES ITALIANOS IV - RODOLFO VALENTI...
15/05/2009 - OS ATORES ITALIANOS III- FRANCO NERO & U...
17/04/2009 - OS ATORES ITALIANOS I - ROSSANO BRAZZI &...
Página 1 de 5
 
Ajude-nos a contar a história do cinema italiano enviando textos, indicando sites, ou fazendo a sua crítica sobre algum filme, diretor ou ator.
 
Página Inicial de Cinema
Página Inicial de Cinema