HOME
BRASILUSACANADAARGENTINAURUGUAYPARAGUAYVENEZUELA
Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014
Brasilia: 19:38    Roma: 00:38
> DIRETÓRIOS DE SITES
> NOTÍCIAS
> PROMOÇÕES
> CADASTRE-SE
> COMUNIDADE
HISTÓRIA DA IMIGRAÇÃO
ASSOCIAÇÕES ITALIANAS
INSTITUIÇÕES
FAMÍLIAS
GENEALOGIA
CIDADANIA
MURAL DE MENSAGENS
PESQUISA DE SOBRENOME
> ITÁLIA
REGIÕES ITALIANAS
CALCIO ITALIANO
FÓRMULA 1
SPORT
CINEMA ITALIANO
ARTES & ARTESANATO
MÚSICA
GASTRONOMIA
PIZZA
VINHOS
LÍNGUA ITALIANA
EMILIA-ROMAGNA TURISMO
VIAGGIO
VILLA & CHARME
BIBLIOTECA
SHOPPING ITÁLIA
> SERVIÇOS
OUTRA ECONOMIA
CURSOS ON LINE
DAVINCI
ITENETS
TRADUÇÕES
DICIONÁRIO
TEMPO
MAPA DO SITE
> NEGÓCIOS
CATÁLOGO DE EMPRESAS
BANCO DE CURRÍCULOS
OFERTAS DE EMPREGOS
OPORTUNIDADES
CÂMARAS ITALIANAS
FEIRAS
> ADMINISTRAÇÃO
- 33
Página Inicial de Cinema
17/04/2009 - OS ATORES ITALIANOS I - ROSSANO BRAZZI & ADOLFO CELI
À primeira vista, quando se fala sobre cinema italiano logo vem à cabeça aqueles famosos cineastas da península que ganharam o mundo; em seguida, quem nos deslumbram são as belas imagens das eternas musas que enfeitiçaram, e ainda enfeitiçam, nossos corações e mentes. Uma sequência mais que normal do pensamento humano, ora...

Contudo, para não ser acusado de chauvinista - e como já prometido anteriormente -, vamos nos dedicar, nesta e nas próximas postagens, aos ídolos masculinos que fizeram a glória da estética e da arte de representar, elevando a Itália, em um certo momento, ao padrão de beleza masculina. Hoje, segundo pesquisa rápida com a ala feminina lá de casa, o fenômeno se restringe aos selecionados da Azzurra.

Como nunca é de mais lembrar, listas são pessoais e até transferíveis. Pois, todos queremos, impositivamente, fazer prevalecer as nossas escolhas. Isto posto, vamos em frente. Mas, se você não concordar, calma lá! A relação não é pequena... Porém, isto não impedirá você de dar o seu palpite.

ROSSANO BRAZZI

Nascido em Bolonha no dia 18 de setembro de 1916, Brazzi foi ator, diretor, roteirista e produtor de cinema italiano. Mas, notabilizou-se em papéis de latin lovers em Hollywood, durante as décadas de 50 e 60. Seu biotipo o ajudava a representar personagens com perfis de nobres ou vigaristas europeus, reza a lenda.

Bem antes do sucesso, Rossano ingressara na Universidade de San Marco, em Florença, para estudar Direito. Isto depois que seus pais foram mortos pelos fascistas. Durante a Segunda Guerra Mundial, trabalhou para a Resistência e, em 1949, já nos Estados Unidos, estreava no cinema em Little Women.

Retornou à Itália na década de 60, onde trabalhou até 1989. Uma curiosidade, em algumas incursões logo no início da carreira, foi creditado como Edward Ross. Seus principais filmes foram: A Condessa Descalça; Krakatoa, o Inferno de Java; Quando o Amor Floresce; e Michelangelo and Me, participando em mais de 200 obras cinematográficas. Faleceu aos 78 anos, em Roma, no dia 24 de dezembro de 1994.

ADOLFO CELI

Este italiano de alma brasileira teve uma enorme importância no teatro e no cinema brasileiros nas décadas de 50 e 60. Celi foi o primeiro diretor artístico do Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), em 1949, recém-chegado da Itália. Veio recomendado por Franco Zampari, criador do TBC e da Companhia Cinematográfica Vera Cruz. Para a inveja de todos, foi casado com as grandes atrizes Cacilda Becker e Tônia Carrero. Com esta e Paulo Autran fundou, em 1956, a companhia de teatro Tônia-Celi-Autran.

Já na Companhia Vera Cruz, filmou Caiçara e Tico-Tico no Fubá, ambos na década de 50, e dois sucessos de público e crítica. Depois de se separar de Tônia e encerrar a sociedade com ela e Paulo Autran, em 1961, Adolfo Celi retornou ao seu país de origem para reiniciar sua carreira de ator.

Participou de filmes como Este Mundo é dos Loucos, Brancaleone nas Cruzadas, 007 Contra a Chantagem Atômica e O Fantasma da Liberdade. Não resistindo à saudade, no fim da década de 70, volta ao Brasil para dirigir o amigo e ex-sócio Paulo Autran em uma comédia de sucesso, Pato com Laranja, que inaugurou o Teatro Villa-Lobos, no Rio de Janeiro.

Na capital paulista, a peça fez uma longa temporada com Autran, Eva Wilma e Karin Rodrigues no elenco. Nascido em Messina, em 27 de julho de 1922, Celi nos deixou em 19 de fevereiro de 1986, em Roma, vítima de uma crise cardíaca.

Como este é o primeiro de uma série de atualizações sobre o tema, todos podem se manifestar desde agora. Se gostou, comente, sugira outros nomes ou mesmo critique a nossa escolha.

Porém, não esqueça! Há muito mais ainda a caminho.
Comentar esta mensagem
Ver comentários (5)
30/07/2010 - CAOS CALMO
06/05/2010 - LA RAGAZZA CON LA VALIGIA
10/03/2010 - SATYRICON
14/01/2010 - ANCHE LIBERO VA BENE (Estamos Bem Mesmo ...
20/11/2009 - OS ATORES ITALIANOS VII - MARCELLO MASTR...
06/10/2009 - OS ATORES ITALIANOS VI - NANNI MORETTI
07/08/2009 - OS ATORES ITALIANOS V - GIAN MARIA VOLON...
05/06/2009 - OS ATORES ITALIANOS IV - RODOLFO VALENTI...
15/05/2009 - OS ATORES ITALIANOS III- FRANCO NERO & U...
24/04/2009 - OS ATORES ITALIANOS II- VITTORIO GASSMAN...
Página 1 de 5
 
Ajude-nos a contar a história do cinema italiano enviando textos, indicando sites, ou fazendo a sua crítica sobre algum filme, diretor ou ator.
 
Página Inicial de Cinema
Página Inicial de Cinema